Você já mentiu para o seu médico? confira as 10 principais mentiras

Você já mentiu para o seu médico? As 10 principais mentiras

As 10 principais mentiras que contamos aos nossos médicos

Acho que não faz mal contar uma mentirinha branca ao médico… É assim que pensamos muitas vezes, para evitar certas broncas ou algum procedimento “chato” que o médico passa.
Por outro lado, pode estar ocultando as suas melhores perspectivas para uma vida saudável e longa.
 

A mentira tem perna curta! 

 
Os médicos sabem quando seus pacientes não estão sendo honestos.
Pesquisas descobriram que entre 4 pacientes 1 admite mentir para o médico, isto é, se você mente, você não está sozinho …
Não é surpresa nenhuma que muitas pessoas fogem de uma bronca por fumar, beber ou comer muita comida processada.
Mentir pode impedir que o médico faça corretamente o seu trabalho e evitar os impactos negativos à sua saúde, assim como a sua longevidade.
 

Veja as 10 principais mentiras que os médicos costumam ouvir e…

Pense bem no peso da sua resposta na próxima consulta:
 

#1. “Eu parei de fumar meses atrás.”

 
Estudos concluíram que 1 em cada 10 fumantes admitiu mentir sobre o tabagismo ao médico.
Esta atitude além de impedir no melhor programa para parar de fumar para você, pode atrapalhar um tratamento.  
Por exemplo, quando um fumante tem bronquite, o tratamento é administrado de forma mais agressiva, pois o tabagismo destrói os mecanismos de proteção que ajudam a combater infecções. Sobretudo aumenta o risco de doença cardíaca, derrame, doenças pulmonares e outros problemas de saúde.

 

#2. “Eu raramente bebo.”

 
Uma dose de bebida para mulheres e duas doses para os homens não preocupa a maioria dos médicos, mas muitos ainda mentem sobre a bebida. Ponto negativo quando se fala de longevidade. O excesso de álcool provoca problemas hepáticos e aumento de peso. 
E, sobretudo, o médico acaba descobrindo a verdade, então por que mentir?
 

#3. “Eu faço exercícios com frequência!”

 
Das 10 principais mentiras, esta pode trazer mais danos a você do que você imagina.
Afinal, só falar que faz exercícios (mas não faz) vai melhorar a sua saúde?
É de grande importância fazer alguma atividade física se quer se manter saudável e virar um centenário com muito orgulho.
Agora, se você tem problemas para fazer alguma atividade física, esta é a oportunidade de dizer que não faz e pedir orientação.
O médico pode trazer alternativas que você não imaginaria ser possível.
 

#4. “Eu só tomo os medicamentos prescrito pelo médico.”

 
Se você toma analgésicos prescritos ou drogas ilícitas, o médico precisa ser informado. Pressão alta, derrame e ataque cardíaco podem ser provocado por drogas.
Os médicos não são policiais, eles precisam de informações para dar o melhor tratamento, isto é, evitar interações medicamentosas erradas ou perigosas.
 

#5. “Eu tomo corretamente as minhas medicações”.

 
Sentiu melhor e resolveu parar antes com o medicamento receitado pelo médico? É importante informá-lo.
Se parou porque deu reação ou algum efeito colateral, tire dúvidas com o seu médico.
Se parou de tomá-lo porque é muito caro – ele pode prescrever um genérico.
Boas relações médico-paciente são parcerias.
 

#6. “Eu só me alimento com comida saudável.”

 
Quando você se alimenta mal, isto só prejudica você. Afinal, quando você mente sobre a sua alimentação, fica difícil para o seu médico determinar o que realmente está errado.
Por exemplo, que tem diabetes tipo 2, onde certos alimentos afetam diretamente seus sintomas. Você está colocando em risco a sua saúde de complicações graves de saúde, sem necessidade. Além disso, a maioria dos médicos não se deixe enganar por essa mentira…
Das 10 principais mentiras, esta é uma das que acho mais prejudicial.
 

#7. “Problemas sexuais? Claro que não.”

 
Falar de sexo ou o número de parceiros que você teve para alguém de jaleco branco, não é uma coisa fácil. 
Mas se não tratar esses assuntos com o médico, com quem tratar? 
Se as doenças sexualmente transmissíveis não forem abordadas, podem haver sérias consequências a longo prazo – para você e seus parceiros sexuais. Pois são absolutamente tratáveis se forem identificados e as informações chegarem ao médico.
Entretanto, se você tem uma libido menor do que o habitual. 
Problemas para manter uma ereção ou secura vaginal, por exemplo, seu médico é realmente a melhor pessoa para contar. 
Afinal, fazer sexo pode ser uma excelente maneira de melhorar sua saúde física e mental.
Assim, seu médico pode ajudá-lo a determinar as possíveis causas de um baixo desejo sexual e prescrever medicamentos ou trazer outras soluções.
 

#8. “Ai, me sinto horrível!”

 
Exagerar ou minimizar sintomas é muito comum numa conversa com o médico. 
Pode até ser uma mentirinha branca, mas deixar de ser sincero neste momento, pode exigir testes desnecessários ou dificultar o médico a chegar num diagnóstico rápido e assertivo.
 

#9. “Não tenho certeza quando meus sintomas começaram.”

 
Pode não ser uma mentira, mas confiar na memória. Vale a pena anotar quando algo errado ou estranho está acontecendo. Lembrar de eventos recentes como feriados, acontecimentos e se perguntar se os sintomas existiam ou não. 
Pois a duração dos sintomas é um fator importante para o seu tratamento.
 

#10. “Eu não tenho histórico familiar dessa doença.”

 
Muitas vezes a história pode se repetir. Portanto, mentir ou esquecer de contar sobre uma doença na família é outra maneira de sabotar sua saúde a longo prazo, e consequentemente, sua longevidade.
Não é porque você não pode mudar o histórico familiar que seu destino já está determinado. Mas, os médicos podem atentar aos sintomas, detectar e administrar um problema com antecedência ou em estágio inicial.
 
Enfim, o segredo de qualquer relacionamento, inclusive com o seu médico, é a honestidade.
Mentir sobre algo para o seu médico é que pode determinar o seu destino. Ele está do seu lado, peça ajuda que você precisa.
Então, que tal sair desta estatística das 10 principais mentiras que contamos ao médico?

Beijins

Claudia

Veja mais aqui:

Qualidade de Vida: Os 6 superalimentos e seus superpoderes

Duplas de Alimentos Que Vão Turbinar a Sua Saúde Naturalmente

Qualidade de Vida: Você é ou será um superidoso?

Deixe o seu comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

8 pensamentos em “Você já mentiu para o seu médico? As 10 principais mentiras”

%d blogueiros gostam disto:
WordPress Appliance - Powered by TurnKey Linux