Hormônios da Felicidade, como desencadeá-los

Hormônios da felicidade , como desencadeá-los

Obter o hormônios da felicidade é muito mais fácil do que se imagina!

Você já percebeu quando estamos felizes, temos mais disposição para fazer tudo, e quando estamos tristes acontece exatamente o oposto?  Isso acontece graças aos nossos hormônios. Sim, existem hormônios que nos fazem felizes.

O corpo humano produz diariamente centenas de hormônios em nosso corpo. Dentre eles, quatro são indispensáveis para nos sentirmos bem e felizes.

#1. Endorfina

É um hormônio do bem estar. Um neurotransmissor, ou seja, um hormônio que trabalha enviando e recebendo informações entre os neurônios. Se percebeu uma semelhança com o nome morfina? Isso não é a toa, pois o nome é uma abreviação para analgésico (morfina) interno (endo),

O que ela faz

  • Alivia as dores;
  • Melhora o bom humor, reduzindo sintomas depressivos e de ansiedade, que melhora a autoestima;
  • Dá disposição física e mental e resistência corporal;
  • Ajuda a manter o controle do apetite;
  • Melhoram a memória;
  • Melhoram o nosso sistema imunológico;
  • Bloqueiam as lesões dos vasos sanguíneos;
  • Têm efeito antienvelhecimento, pois removem superóxidos (radicais livres);
  • Aliviam as dores;
  • Melhoram a concentração;
  • Melhoram a vida sexual.

Como se produz

É a resposta de  atividade física ou durante o orgasmo, que promove o relaxamento e dá prazer, despertando uma sensação de euforia e bem-estar.

Curiosidades

  • O chocolate e pimenta estimula a produção de endorfina.
  • 30 minutos de exercícios físicos aeróbios, como por exemplo uma leve corrida, libera a endorfina.

#2. Oxitocina

Um dos hormônios da felicidade,  produzido pelo hipotálamo e tem como algumas de suas funções é desenvolver apego e empatia entre pessoas e aumentar a confiança em situações onde a pessoa possa sentir medo. Ela aumenta os laços afetivos entre as pessoas, por isso é conhecida como o hormônio do amor.

O que ela faz

  • Promove as contrações musculares uterinas, isto é, responsável pelo trabalho de parto;
  • Evita o sangramento durante o parto;
  • Estimula a libertação do leite materno;
  • Ajuda a estabelecer estímulos afetivos entre mãe e bebê;
  • Desenvolve apego e empatia entre pessoas;
  • Ajuda a produzir parte do prazer do orgasmo;
  • Ajuda a combater a ansiedade.

Como se produz

Foi constatado altas concentrações de ocitocina durante o orgasmo, tanto feminino como masculino,  por isso ligado ao prazer. Isto é, tem um papel importante na resposta sexual.

#3. Dopamina

Neurotransmissor que desempenha importantes funções no organismo, como a sensação de prazer. Assim, no decorrer de situações agradáveis, a dopamina é liberada, desencadeando impulsos nervosos, que levam a uma sensação de prazer e bem estar. 

O que ela faz

  • A dopamina também está envolvida no controle de movimentos, aprendizado, humor, emoções, cognição e memória.
  • A desregulação da dopamina está relacionada a transtornos neuropsiquiátricos como Mal de Parkinson , na esquizofrenia e depressão pós-parto;
    Atua no controle do apetite.

Como se produz

Alimentos saborosos, sexo, jogos e drogas são alguns exemplos de situações que estimulam a ação da dopamina.

#4. Serotonina

Trabalha inibindo da ira, agressividade, regulando o humor, sono e apetite, vômito e temperatura corporal. Você já soube de alguém que estava em depressão, dorme o dia inteiro ou possui insônia e tem problemas para comer (se alimenta em excesso ou não come nada o dia inteiro)? Isso acontece por falta de serotonina.

O que ela faz:

  • Regula o apetite mediante a saciedade;
  • Equilibra o desejo sexual;
  • Controla a temperatura corporal,
  • Controla a atividade motora;
  • Controlar as funções perceptivas e cognitivas.

Como se produz

A serotonina também se encontra em alimentos ricos em tripofano:

  • Vegetais: vários cogumelos ervilhas, batata, beterraba;
  • Frutas: banana, abacate, nozes, castanha do pará; 
  • Origem animal: Queijo, frango, ovos.

Curiosidades
A quantidade de luz que o corpo recebe por dia, é fator importante para o comportamento humano. Isto é, nas estações com menos luz , o Outono e o Inverno, surge um aumento de depressão e falta de estímulo sexual. No entanto , na Primavera e no Verão,  o organismo é  abastecido de serotonina pela luz , o que leva a um aumento progressivo do bem-estar e da felicidade com maior estímulo sexual, produto das concentrações deste neurotransmissor no cérebro. 

Falta desses hormônios e a depressão

Se estivermos com uma quantidade baixa de um desses hormônios passamos a ter menos disposição, tristeza, falta de apetite e até mesmo insônia. Em alguns casos as variações de humor (irritabilidade excessiva) podem ser causadas pela sua falta.

Existem diversos estudos que provam a falta destes hormônios da felicidade com o aparecimento da depressão. Por essa razão que diversos antidepressivos atuam de forma a aumentar a produção de alguns desses hormônios como a dopamina (IMAO) ou a serotonina (ISRS), fazendo com o que cérebro volte a funcionar corretamente e, com isso, a pessoa passe a ter menos momentos de tristeza.

Produzir naturalmente os hormônios da felicidade

Mas não é somente a base de remédios que você pode aumentar esses hormônios no seu corpo. Exercícios físicos regulares e alimentação ajudam com a produção desses neurônios de modo que nunca faltem.

Alimentos ajudam a regular a produção de serotonina e dopamina e até mesmo aumentar sua produção.

Qualquer tipo de exercício físico, desde caminhadas, esportes como natação e futebol trabalham de maneira a fazer o corpo produzir mais endorfina, que melhora o humor e a disposição no dia a dia. Mas lembre-se, é necessário fazer exercícios de maneira regular para conseguir os resultados.

Beijins

Claudia

Imagem : Designed by katemangostar / Freepik

Deixe o seu comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

4 pensamentos em “Hormônios da felicidade , como desencadeá-los”

%d blogueiros gostam disto:
WordPress Appliance - Powered by TurnKey Linux