Qualidade de Vida • Em 24 abr, 2018

Qualidade de Vida: Os 6 superalimentos e seus superpoderes

Que seu remédio seja seu alimento, e que seu alimento seja seu remédio

Hipócrates

O que são os superalimentos?

Imagine um tipo de medicação que:

  • Não possua efeitos colaterais ;
  • Que seja muito eficaz;
  • Pode ser consumida sem receita médica;
  • É extremamente agradável ao paladar.

Parece utopia? Engana-se, estamos falando dos ‘superalimentos’.

São alimentos com grandes propriedades que, ao serem consumidos mesmo em pequenas quantidades acabam por apresentar efeitos muito benéficos ao seu organismo.

Estes alimentos são bem acessíveis, de modo que basta um pouco de prática para implementá-los ao seu cardápio. Vamos analisar alguns exemplos:

Chocolate (70% de cacau)

Abrimos a lista com esse ingrediente tão querido, mas calma aí! Lembre-se que o chocolate que pode ser caracterizado como um superalimento é o chocolate amargo.

Então vamos falar sobre chocolates a partir de 70% de cacau.

01-superalimento-chocolate

Propriedades:

  • Ricos em antioxidantes, os flavonoides (metabólitos encontrados em diversas frutas e vegetais).

Benefícios:

  • Agem como excelentes antioxidantes e especialmente diminuindo o colesterol LDL(o chamado colesterol ‘’ruim’’);
  • Melhora a circulação sanguínea;
  • Ajuda a prevenir o câncer;
  • Dá sensação de bem estar, pois ajuda a libertar o hormônio serotonina;
  • Estimula o sistema nervoso central e os músculos cardíacos, pois possui teobromina, que é uma substância com ação semelhante à cafeína.

Salmão

Longe de ser apenas um ‘’rostinho bonito’’ dos ingredientes.

02-superalimento-salmao

Propriedades:

  • Rico em ômega 3 (ácidos graxos) em forma de triglicerídeos;
  • Possui gorduras como o ácido docosahexaenóico (DHA) – substância que não é produzida pelo organismo;
  • Proteínas (amionácidos) ;
  • Vitaminas A D e alguns membros da vitamina B;
  • Minerais como selênio, zinco, fósforo, cálcio e ferro.

Benefícios:

  • É importante na proteção antiinflamatória de tecido neuronal, sendo também antioxidante;
  • Aumenta a eficiência das funções cerebrais, melhora a memória e a mantém ativa durante longas jornadas, ação do ômega 3;
  • Juntamente com outros aminoácidos fornecidos pelo salmão, as Vitaminas A, D e o selênio, esses ácidos graxos;
  • Protegem o sistema nervoso de danos referentes ao envelhecimento;
  • Antidepressivo;
  • Ajuda no tratamento de Parkinson e Alzheimer.

Açaí

O açaí virou uma febre nos últimos tempos. Cada vez mais pessoas consomem e a variedade de pratos com este ingrediente cresceu exponencialmente. Atenção para os sucos com açaí possuem muito açúcar na sua composição, de modo que vale mais a pena comprar açaí não adoçado e congelado para misturar com um iogurte e aproveitar dos seus benefícios, sem prejudicar do outro lado.

É considerado o segundo maior antioxidante, perdendo somente pelo cacau.

03-superalimento-acai

Propriedades:

  • Abundância do antioxidante antocianina na composição – que dá a cor escura do açaí;
  • Rica emproteínas,
  • Fibras ;
  • Lipídios.  Encontramos nesta fruta as vitaminas C, B1 e B2. O açaí também possui uma boa quantidade de fósforo, ferro e cálcio.

Benefícios:

  • Protege o sistema cardiovascular;
  • Ajuda a reduzir os níveis de colesterol na corrente sanguínea;
  • Melhora a circulação sanguínea;
  • O antioxidante que previne o envelhecimento precoce;
  • Ajuda também a combater problemas nos ossos, como a osteoporose.
  • Combate os problemas no sangue, como a anemia;
  • O ácido oleico presente na fruta retarda o crescimento de tumores e contribui para destruir as células cancerígenas;
  • Excelente energético natural, melhora disposição e combate a fadiga.

Brócolis

Uma lista com os superalimentos não pode estar completa sem o brócolis. Um alimento que sofreu muito preconceito (a maioria dos brasileiros não consome hortaliças), o brócolis é um superalimento por ser barato e extremamente saudável.

04-superalimento-brocolisPropriedades:

  • Cheio de propriedades antiinflamatórias e;
  • Anticancerígenas;
  • Vitaminas C e K, Vitamina A, Vitamina B;
  • Fibras, Potássio, Triptofano, Selênio e Fósforo;
  • É rico em antioxidantes e fitoquímicos. 

Benefícios:

  • Os fitoquímicos são substâncias responsáveis por dar a coloração, o aroma e o sabor das plantas. E fortalecem nosso sistema imunológico;
  • Reduz  a pressão arterial;
  • Ajuda a combater o câncer,  como o de mama, de próstata e de cólon;
  • Protege  o coração;
  • Olhos, ajuda a prevenir a degeneração macular dos olhos relacionada à idade;
  • Ajuda a prevenir o envelhecimento, os pigmentos na pele e o aparecimento de rugas.

Batata doce

É o queridinho dos atletas e fisiculturistas!

05-superalimento-batata-docePropriedades:

  • Vitaminas A e B;
  • Altos índices de sais minerais, como fósforo, ferro, cálcio e potássio.

Benefícios:

  • Poderoso anti-envelhecimento;
  • Anti-inflamatório em partes do cérebro e no sistema nervoso;
  • Atua diretamente no nosso sistema imunológico;
  • Aumenta a massa corporal; 
  • Alidada dos diabéticos, ajuda a  diminuir os níveis de açúcar na corrente sanguínea.

Beterraba

É o superalimento do momento. De baixa caloria e com ótimos nutrientes.

06-superalimento-beterrabaPropriedades:

Rico em ferro, ácido fólico, cobre, potássio e manganês.

Benefícios:

  • Pela riqueza de ferro e ácido fólico, A beterraba é recomendada para situações de anemia;
  • Sua ação neutralizadora de ácidos, auxilia a formação de glóbulos vermelhos, e na produção de plaquetas;
  • Promove fortalecimento muscular devido à sua alta concentração de potássio e manganês, fortalece tendões;
  • Ação anti-inflamatória .

A lista de superalimentos é longa, e conta não apenas com os poucos exemplos citados acima como também a aveia, quinoa,  inhame… existe uma verdadeira seleção de alimentos baratos e excelentes para o consumo e variação do seu cardápio.

Importante:

  • Consumir bons alimentos não quer dizer que você deve parar de utilizar seus medicamentos por conta própria. A prescrição de medicamentos visa resolver problemas agudos ou crônicos, sendo que o tempo de uso será determinado por seu médico.

 

  • Os alimentos melhoram as funções do organismo no geral, sendo benéficos para a saúde. Isto não significa que irão “resolver” o problema que necessitou de uma medicação.

 

  • Sempre converse com seu médico acerca da prescrição, tente entender o motivo de tomar cada medicação e informe-se sobre o tempo de uso.

 

  • O termo superalimento (ou superfood) está sendo muito utilizado hoje em dia, por vezes sem qualquer embasamento! Muitos vendedores tentarão empurrar alimentos ‘’100% orgânicos’’ com preços mais elevados e chamando-os de superalimentos, quando não necessariamente são.

imagens : pixabay

Você já incluiu estes superalimentos no seu cardápio?

Beijins

Claudia

E os “superidosos” , já ouviu falar ?

Qualidade de Vida: Você é ou será um superidoso?

confira os posts relacionados:

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

12 Comentários

  • A . M . A .
    29 abril, 2018

    Preciso comer todos !

  • Carol Holanda
    29 abril, 2018

    Um ótimo informativo para cuidarmos bem da nossa saúde alimentar Claúdia!! obrigada por nos fornecer este importante post ❤💋

  • Ideias em Blog
    25 abril, 2018

    Excelente post, Claudia! De todos os alimentos citados, eu gosto de ambos.
    Um abraço minha amiga!

  • mariel
    24 abril, 2018

    Beterraba eu topo

  • Rosilene Zanutto
    24 abril, 2018

    Claudia sempre é bom saber o que nos faz bem. Eu adoro comer beterraba, salmão e chocolate. Agora comer chocolate sabendo que só faz bem não vai dar muito certo… tenho que me controlar rs Beijos <3

  • Qualquer viagem. Eu vou!
    24 abril, 2018

    Muito bom saber! Não gosto de alguns deles, mas vou tentar comer os que eu gosto mais frequentemente. 🙂

    • DeFrenteParaOMar.Claudia
      24 abril, 2018

      Sabe do que eu não gosto desta lista? O chocolate… pode? Mas o que importa é saber que eles tem poderes e sempre que possível incluir no cardápio. ^.~ Beijins

      • Qualquer viagem. Eu vou!
        24 abril, 2018

        Eu não gosto de beterraba. A batata doce posso fazer um esforço. Agora, o chocolate amargo 70% não tenho costume de comer, mas vou dar mais uma chance pra ele. 🙂

  • %d blogueiros gostam disto: