Qualidade de Vida • Em 17 jan, 2018

O Uso Consciente do Medicamento

Conhecer um pouco mais sobre os medicamentos

Você já foi à farmácia e pediu ao atendente um remédio para dor?

Todos nós já passamos por um momento em que não nos sentíamos bem e não fomos ao médico, e sim, direto para a farmácia… E nos automedicamos acreditando que não é nada sério. Mas precisamos fazer o uso consciente do medicamento, pois as consequências podem ser graves. Muitos medicamentos apenas escondem e inibem o real problema de saúde.

O uso consciente do medicamento - qualidade de vida

Como fazer o uso consciente do medicamento?

  • Saber qual e como tomar o medicamento é o primeiro passo para obter o melhor resultado da medicação.
  • Consultar o médico é importante pois várias doenças possuem sintomas similares, e somente um profissional irá saber diferenciar o conjunto de sintomas que cada um possui e prescrever o remédio para a sua doença e a sua saúde.

Reações adversas

As reações podem ser pequenas, como uma diarreia ou dor no estômago, mas podem ser sérias, como reação alérgica a um composto ativo.

Não se engane, mesmo já tendo usado algum remédio, é possível passar a ter uma reação alérgica em outras ocasiões que se toma a medicação. Se a pessoa já possui alergias precisa de cuidado redobrado toda vez que precisar ser medicada.

O uso consciente do medicamento - melhor resultado do remédio

Dosagem

Pode parecer que não, mas nem todos precisam tomar a mesma quantidade de comprimidos que os demais. Algumas doenças são tratadas com remédios que atuam na corrente sanguínea de acordo com o peso de cada pessoa. Outros de acordo com o grau dos sintomas. Esse é o caso de remédios para hipotiroidismo, antidepressivos por exemplo.

Para saber qual a dosagem, somente com avaliação e acompanhamento médico, que irá avaliar a evolução do paciente de acordo e sua melhora.

Às vezes a dosagem vendida de determinado medicamento é maior do que você necessita, nesse caso o médico irá instruir como proceder.

Afinal, podemos cortar o remédio ao meio?

  • O comprimido com vinco(s) – Se o comprimido possui um vinco no meio para facilitar sua separação, significortador de remédio - O uso consciente do medicamentoca que o comprimido pode se cortado, caso contrário , verifique na bula ou com o seu médico.

Um modo prático para cortar os comprimidos é utilizando um cortador de comprimidos. Ele possui uma lâmina de modo que o corte é feito sem risco de destruir o remédio, além de possui um espaço para guardar a metade do medicamento restante. Isso evita desperdícios e a chance de perder a outra metade por não ter onde guardar o comprimido.

  • Cápsulas de gelatinas (aquelas que possuem um pó dentro), esses não podem ser reduzidos. Nesse caso esses medicamentos possuem o valor mínimo exigido para fazer efeito e com mais opções de ‘mg’ na hora da compra.

Como tomar o remédio

Qualidade de vida - O uso consciente do medicamentoAntes de mais nada, leia a receita médica e a bula do remédio. Muitos médicos informam como deve ser ingerido o medicamento e por quantos dias. Na bula também contém todas as informações necessárias quanto a isso.

  • Em jejum – são absorvidos mais rapidamente e com maior eficácia pelo organismos. Por exemplo os medicamentos para a tireoide. É importante verificar se o remédio deve ser tomado em jejum ou após as refeições. 
  • Após as refeições – para evitar dores no estômago ou até mesmo o surgimento de gastrite. Por exemplo os antibióticos.
  • Tomar remédio com leite – pode cortar o efeito da medicação. Isso porque o leite, por ser um alimento, estimula a produção de sucos digestivos que podem degradar o remédio e cortar o seu efeito. Um exemplo são os antibióticos feitos à base de tetraciclina, que não devem ser tomados com leite pois esse composto liga-se ao cálcio e forma aglomerações, cortando o seu efeito.

Imagens: Pixabay; Aliexpress

Portanto, para não correr o risco de cortar o efeito do remédio, o mais indicado é tomar todos os medicamentos sempre com um copo cheio de água, evitando-se qualquer outra bebida.

O uso consciente do medicamento é muito importante para auxiliar no seu tratamento e evite a automedicação!

Beijins

Claudia

confira os posts relacionados:

Deixe seu comentário

1 Comentário

  • aLaL
    19 janeiro, 2018

    Obrigado pelas dicas !

  • %d blogueiros gostam disto: