Moda • Em 16 maio, 2018

Moda Curvy: A moda que se ajusta às nossas curvas!

A moda curvy

moda curvy - a moda que se ajustou às nossas curvas

Você já se questionou o por quê dos desfiles sempre serem com modelos magras e loiras? Parece ser um padrão nada real e quase impossível de ser, já que a maioria das pessoas não são magérrimas (até porque não é nada saudável).

Felizmente, a moda está finalmente mudando sua forma de ver o mercado. E ao invés de continuar com a mostra da magreza, no entanto, resolveu abraçar as modelos plus sizes e curvys.

Afinal, o que é curvy e plus size?

A tradução literal seria curvilínea, mas Curvy é uma gíria que, traduzida de forma espontânea significa “gostosa”.

Se assustou com a tradução? Mas a idéia vem daquela frase tão conhecida, que mulher bonita precisa ter curvas. E quem tem curvas sempre acaba chamando a atenção e sendo “elogiada” com esse nome.

Isto é, o mundo da moda tem percebido que as mulheres não têm mais interesse em sofrer para se manter em um padrão de magreza extrema que há anos tem sido imposto.

Com o passar do tempo, várias mulheres têm percebido que não importa o peso e nossas curvas, pois é isso que nos faz sermos bonitas.

Portanto, não somos nós que precisamos mudar para caber nas roupas, mas as roupas precisam ser feitas para enaltecer a nossa beleza. Seja ela como for.

Inclusão e aumento da demanda

Essa abertura para moda curvy e plus sizes começou há cerca de quatro anos. Mas somente no último ano começamos a ver um espaço maior nas passarelas e revistas.

As grandes marcas estão finalmente se tornando mais inclusivas e aumentando o número de campanhas com modelos curvy ao invés de usar somente as mais magras.

Essa inclusão tem sido vista aos poucos em vários editoriais de moda e até mesmo nas frentes das lojas. Assim com algumas vitrines tem sido alteradas com manequins com numeração um pouco maior que os tão batidos manequins tamanho 34.

A moda curvy mostra principalmente a realidade (pois são raras as pessoas que usam esse número tão baixo).

Ilustrar a realidade da mulher nesse caso, com curvas como cintura, coxas grandes etc, ajuda também a resgatar a auto estima da mulher.

Que por anos foi minada por campanhas a favor da magreza excessiva.

Graças a essa mudança, até mesmo marcas famosas tem mudado, alterando também a numeração de suas roupas.

A marca americana Forever 21 começou a aumentar o tamanho das suas roupas em 2009.

A demanda de fotografias para roupas plus size também aumentou e muito.

Outras marcas têm feito o mesmo, com a intenção de aumentar a diversidade e mostrar que possuem roupas para qualquer pessoa.

Com isso, quem ganha somos nós consumidoras, que vamos encontrar modelos que não só servem para nós, mas enaltecerão nossas curvas e belezas naturais.

Imagens : Pinterest

Quem disse que modelo tem que ser magérrima? Não são lindas? Destacar as curvas ficam muito mais femininas!

Beijins

Claudia

confira os posts relacionados:

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

3 Comentários

  • Qualquer viagem. Eu vou!
    17 maio, 2018

    Que boa notícia, menos pressão para nós!! 🙂

  • LaLa
    17 maio, 2018

    Bem vindas as Curvy !

  • %d blogueiros gostam disto: